segunda-feira, 28 de junho de 2010

Didio - Você viu Senhor X, Saramago morreu véio!

Senhor X- Pode Crer! Foda!

Ralph- Foda!

Didio- (Cínico) Pô, o cara escreveu "100 anos de solidão", meu!

(tempo)

Senhor X- Pode crer, o cara era foda!

(risos contidos de Ralph e Didio)

(tempo)

Ralph- (Cínico) Escreveu também "O diário de um mago", você leu né!?

Senhor X (inocente) - Você acredita que esse eu não li!?

(risos incessantes de Ralph e Didio)

(tempo)

Senhor X- Vão se foder vocês dois!!! (sai)

P.S - Em defesa do nosso amigo Senhor X, devemos admitir que muita gente caiu na mesma brincadeira, naquela noite fria na frente do teatro dos Parlapatões, por motivos óbvios não revelaremos nomes. Chegamos até a dizer que o Saramago era o autor da novela Saramandaia e teve gente concordando... por outro lado, alguns mais antenados discordaram de imediato...

Mas foi só uma brincadeira, sabemos que concordar automaticamente é absolutamente natural numa conversa "social" e em nenhum momento julgamos a inteligência ou cultura das pessoas que cairam na nossa conversa fiada... mas que foi engraçado foi...


Em homenagem a Saramago, (que sim, admiro) deixo postado a capa de um dos poucos livros que eu li do cara e que achei do caralho!!


terça-feira, 22 de junho de 2010



Quinta feira apresentaremos o espetáculo "Otimismo" em Apucarana - Paraná... felizes pra caralho com o convite e ansiosos para apresentar... bóra, bóra!!! Voltamos sexta de manhã, pra assistir ao jogo do Brasil!!

quinta-feira, 17 de junho de 2010

quinta-feira, 10 de junho de 2010

quarta-feira, 2 de junho de 2010

No meio de uma reunião de produção...

Ralph- Tem café?

Flávia- Acabou. Se vocês quiserem podem fazer.

Didio - Eu faço! Vou fazer um café pra galera. (tempo) Posso adoçar o café galera?

Todos - Pode.

(Todos conversam; algum tempo depois Didio entra com o café)

Ralph-(experimentando o café) Didio, você não falou que já ia colocar açucar no café?

Didio- Eu coloquei.

(silêncio constrangedor)

Mari- Você vai me desculpar Didio, mas você não adoçou esse café!

Didio (recolhendo o café de todos) - Que saco! Puta merda!! Pera aí!

(Didio sai para colocar mais açucar no café ; todos conversam distraidamente)

Didio (voltando) - Pronto!!!

(todos se servem novamente do café)

(Entra Tadeu sem saber de nada e se serve de um gole de café)

(tempo)

Tadeu- Porra, quem adoçou esse café!!!??? Tá doce pra caraio!!!!

Todos -(((risos)))A cara do Didio no momento exato em que Tadeu questiona sobre a doçura excessiva do café.