quarta-feira, 9 de julho de 2008

...se é fácil!?



As vezes dá mesmo vontade de parar com tudo. Ou de pelo menos dar um tempo, não produzir mais nada, ficar esperando um convite pra trampar como ator em algum trabalho de algum amigo. Sem grandes responsabilidades. Sem encrenca...


**********

Mas esperar pra ver acontecer sem correr riscos não é uma característica nossa, não da Curva, somos discípulos da teoria/prática de que teatro só se faz fazendo. Ninguém te ajuda de graça. E o "risco" faz parte do tesão.
*********


Só não entendo tanta gente por aí ao nosso redor nos prometendo coisas que não podem ou não querem cumprir, tentando mostrar serviço sem entender que mostrar talento e vocação estão nos menores gestos, e não na promessa de nos elevar financeiramente ou coisa do tipo. A qualidade do teatro definitivamente não está no dinheiro.
Ei, você aí! Eu não tô te pedindo nada! Não fique se justificando. Só deixe a gente fazer nosso trabalho e por favor, não me traga problemas, me traga soluções!
*********
Aqueles que vem para para nos acompanhar numa trajetória sem rumo certo, mas onde aventuras são certezas, esses são bem vindos. Agora, os que querem se promover a nossas custas estão perdendo seu tempo, a gente não tem nada pra oferecer...
*********
Mas de uma coisa eu sei, a gente não fica plantado do lado do telefone esperando alguém convidar pra fazer algum projeto...não temos ataques de "estrelismo" como muito atorzinho por aí; não passamos por cima de ninguém; e não pagamos pau pra ninguém...a gente cria e recria os nossos projetos; a gente faz o que quer e indiscutivelmente, mandamos nos nossos narizes...
SERVIÇO
"Medusa de Rayban" - Sábados as 00hs00 no Teatro X - Rua Rui Barbosa 399 (Até 26/7)
"Otimismo" - Sábados as 21hs/ domingos as 20hs - Teatro X (estréia dia 2 de Agosto)



Um comentário:

fada madrinha! disse...

Voces são muito bons Não desistam nunca Eta grupo para ter artista talentoso